segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Viva La Ignorancia


Tava lendo hoje um texto sobre corrupção muito interessante (na Super Interessante) e, num momento revoltoso, tentei sintetizar algumas opiniões, ideias e palavras de baixo calão em alguns tweets, intenção essa que, depois de quase 900 caracteres escritos, foi abandonada. Então lembrei dessa merda aqui.

O problema desse país (e de boa parte do resto do mundo) são as pessoas simples, e esse "simples" não tem nada a ver com educação acadêmica. Qualquer filho da puta que passa 5 anos numa universidade e, ao sair, continua sendo apenas mais um dos que só sabem repetir o bordão "são esses políticos que matam o país!" faz parte dessa categoria.



Não são os políticos que matam o país, os políticos são só um reflexo de VOCÊS, babacas, que se venderiam exatamente da mesma forma que os babacas que só tiveram um pouco mais de sorte, força de vontade ou dinheiro pra chegarem a esses cargos, porque desde muito antes dos gregos já tá incrustado na mentalidade humana essa necessidade de viver em uma sociedade prostituída pela falta de PORRA de princípio e/ou neurônio algum, repassando esse tipo de educação egocêntrica pros filhos e alimentando constantemente o ciclo e o sistema.

E não é só isso; até a música, a literatura, os filmes, a televisão e a arte em geral tomam parte na deturpação social gerada por esse sistema não menos que ESCROTO. Se existe tanto LIXO nessa área é simplesmente por causa dos FUDIDOS que, por não terem porra nenhuma na cabeça, criam esse lixo, e pelos ainda MAIS FUDIDOS que, tendo igual quantidade de cérebro, exaltam esse mesmo lixo.

No final das contas, tudo termina na mesma aristocracia de MERDA dos povos antigos que todo mundo sempre estuda com tanta repulsa nas aulinhas de história, regida por um povo que acha que felizes são aqueles que se rendem a seguir os princípios do consumismo norte-americano, que é simplesmente uma forma moderna de escravidão: grandes empresários nascidos brancos e em famílias ricas e tradicionais fazendo fortuna em cima de milhares de pretos e latinos (ou qualquer outro grupo segregado) que não compartilharam da mesma sorte e têm uma história construída em cima de séculos de servidão exploratória. O mundo é uma selva infestada por bichos humanos que acham que a evolução da humanidade cabe a revoluções industriais, tecnológicas e econômicas, e...

Não, foda-se. Isso é um assunto que, além de dar raiva, é muito amplo pra ser sintetizado por alguém sem vontade de desperdiçar muito tempo em tal propósito. Sim, voltou a porra do blog.





(sempre achei que crítica nenhuma tem credibilidade sem palavrões e algumas letras maiúsculas)

2 comentários:

Fernanda Ohashi disse...

Definitivamente, tem que ter palavrões e letras maiúsculas. Se não, como faz pra criticar?

sdd :*

Anônimo disse...

Спасибо понравилось !